Quem escreve

Lara Dantas

Jornalista pura imaginação

Feira de Santana, Bahia, 28 de agosto de 2022

Escolhi escrever porque achava que poderia ser editora de revista, especialmente do universo fashion. Mudei de ideia, e nem busco mais sobre o tema. 

Prova disso é que quando saio de casa penso sobre o que escolhi para vestir, e a resposta é sempre: no meu mundo isso é perfeito e já basta.

Não me preocupo mais com aparência desde o dia em que decidi não mais esconder as marcas da hemodiálise, porque um dia já fiz. Durante o finalzinho de 2018 e todo 2019.

Lembro que logo no começo do tratamento usava lenços para esconder um catéter preso ao pescoço. Mas alguma coisa aconteceu e  decidi não mais esconder. Levantar a cabeça e agir naturalmente.

Nessa toada, precisei viajar sozinha de ônibus para uma cidade no inteior da Bahia. E lá estava meu catéter à mostra e sabe o curioso? Ninguém estranhou, ou eu não liguei, e foi libertardor.

Desde então vivo assim, mais livre e em paz. E destino a escrita a registrar aquilo que eu mais gosto de fazer: pensar e conversar com a minha janela, a melhor conselheira, acompanhada do céu.